Nossa História

Quando, em 13 de agosto de 1968, Sigefredo Magalhães Filho lançou a ideia de constituição de um grêmio, estava apenas propondo consolidar, através do esporte e do lazer, os laços de amizade que existiam entre os funcionários da PRODESAN. Das várias sugestões para o nome, prevaleceu a do colega Luciano Pedro da Silva: GRÊMIO PRODESAN. O logotipo foi proposta do colega Carlos Alberto Prates e teve aprovação unânime da Assembleia. Ambos, na época, eram desenhistas do antigo DPU – Departamento de Planejamento Urbano.

O primeiro Presidente foi o próprio “Sige”, mas é de justiça e agradável lembrar os nomes dos colegas da primeira Diretoria: Edison Alves Pereira, Mércia Monteiro Antonelli, Jamyr Sodré de Oliveira, Roberto Toledo Ribeiro, Roberto Joaquim de Oliveira, Sérgio dos Santos Silveira, Osmar Gaspar Gonzalez, Armando Cacei Prado e Lindalva Parolini e Antonio da Costa Ramos (1° barraqueiro). Os 2° e 3° Presidentes do Grêmio foram respectivamente Roberto Joaquim de Oliveira e Roberto de Toledo Ribeiro.

Os sócios fundadores do Grêmio foram os colegas: José Américo de Araújo, José Lopes dos Santos Filho, Edison Alves Pereira, Wilma Arlete F. Monteux, Roberto Machado de Almeida, Adalberto João de Moura, Irmã Sumiko Nakagima, Sérgio Rogich Pinotti, Mércia Monteiro Antonelli, Francisco Eleutério, Jamyr Sodré de Oliveira, Regina Bittar, Eduardo Luzio Coelho, Sônia Maria Moliani, João Alfredo Varandas, Roberto Toledo Ribeiro, Sérgio Novita Fortis, Jean Jacques Leopoldo Monteux, Roberto Joaquim de Oliveira, Neusa Zakime, Estela Rodrigues dos Santos, Sérgio dos Santos Silveira, Antonio Augusto Cabral, Ernesto Antunes Jr, Clayton Oliveira, Carlos Alberto Prates Costa, Luciano Pedro da Silva, Erci Vieira Soares, Osmar Gaspar Gonzalez, Nelson Rodrigues Martins, Francisco Alves, Rafaela Valente Góes, Dilza Moreira, Ana Maria dos Santos Neves, Cláudio Sérgio de Almeida, Bruno Cervoni, Ruth Maria Figueiredo, Armando Cacei Prado, Waldir Ferrauche, Maria Emília Pontes, Sidney Bernardes, Jorge Veiga De Almeida, Antonio da Costa Ramos, Gerson Miguel, Cecília Minervino, Sigefredo Magalhães Filho, Gerisse Botarem, José Roberto Ramos e Antonio Colafatti.

Mais agradável ainda, é lembrar dos encontros festivos e das competições esportivas internas promovidas. O tempo se encarregou de separar as pessoas, levar outras, reestruturar a empresa, mas não será capaz de apagar uma história. Uma história que deve ser preservada, que deve servir sempre de inspiração para os dirigentes, no sentido de que promovam sempre que possível, o congraçamento dos servidores da PRODESAN.

É através de encontros sociais e recreativos que se cultiva a convivência saudável e harmoniosa, visando superar obstáculos e contratempos tão presentes nos dias atuais. E o Grêmio Prodesan tem essa importante função!

Sérgio dos Santos Silveira.